segunda-feira, 23 de maio de 2016

Bjartalíð e Klettskarð, a dupla que está fazendo o KÍ sonhar com títulos novamente

Dos 21 gols da equipe no campeonato, 16 foram marcados por um deles. Com 8 gols cada, Páll Klettskarð e Jóannes Bjartalíð estão fazendo os torcedores do KÍ sonharem novamente com títulos, que não vêm desde 1999.


Páll Klettskarð.
Foto: Portal
Páll Andrasson Klettskarð foi formado no KÍ e estreou no time principal em 2007, aos 17 anos. Jogou pelo Víkingur em 2010 e 2011, mas retornou ao time de Klaksvík no ano seguinte e terminou o campeonato como artilheiro, empatado com o brasileiro Clayton Nascimento com 22 gols.

Jóannes Bjartalíð.
Foto: Norðlýsið
Também vindo da base, Jóannes Bjartalíð é um talentoso meia-atacante de apenas 19 anos. Fez sua estreia no time principal em 2014 em um jogo de Copa contra o 07 Vestur, mas só foi utilizado em partidas da primeira divisão no ano seguinte. Em 2015 ele jogou todas as 27 rodadas e marcou oito vezes, distribuiu várias assistências e acabou sendo eleito o melhor jogador jovem do campeonato.

Os dois acabaram a temporada 2015 com 8 gols cada em jogos do campeonato (Klettskarð perdeu um turno inteiro por lesão), número alcançado na 12ª rodada este ano.

O momento é muito bom, e muito graças aos dois o time chegou à liderança. Um gol de Páll aos 90' salvou um ponto contra o B36 em casa; Jóannes marcou os dois gols da vitória espetacular na casa do Víkingur e um hat-trick contra o B68; Páll marcou o gol da vitória sobre o Skála aos 90' e o gol da vitória sobre o HB; e por fim, Jóannes marcou o gol da vitória sobre o TB no domingo.


Ainda tem muita coisa pela frente, mas se ambos continuarem sendo decisivos, podem levar o clube pelo menos para a Europa League (na última vez que participaram, a competição ainda era chamada de Copa da UEFA), seja por meio do campeonato ou vencendo a Copa das Ilhas Faroe, competição que o time também não vence desde 1999.

Os próximos jogos do KÍ serão em casa contra o NSÍ. Na quinta-feira pelas semifinais da Copa e no domingo pela 13ª rodada.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Os hat-tricks que agitaram o domingo nas Ilhas Faroe

O domingo nas Ilhas Faroe foi cheio de gols. A rodada da Effodeildin teve uma média de 4,2 por jogo, enquanto na fase preliminar da Copa Faroesa Feminina aconteceu uma goleada por 16 a 0.

Margunn Lindholm

A artilheira da 1. deild kvinnur dessa vez foi decisiva na Copa e marcou os três gols da vitória do EB/Streymur/Skála sobre o B36. Foi o quarto hat-trick dela no ano!

No vídeo o primeiro gol, marcado de pênalti, aos 34':



Hervør Olsen e Maria Thomsen

Também pela Copa, o KÍ foi impiedoso e goleou o Giza/Hoyvík em Tórshavn por 16 a 0. Hervør Olsen jogou apenas o primeiro tempo, mas foi o suficiente para marcar quatro vezes. Maria Thomsen foi quem fechou a goleada, completando seu triplete aos 92'.

Hervør Olsen (à direita) marcou quatro vezes.
Foto: Página do KÍ kvinnur no Facebook
Maria Thomsen.
Foto: Página do KÍ kvinnur no Facebook
Nas semifinais, o adversário do KÍ será o EB/Streymur/Skála.

Jónhard Frederiksberg

Jogando em casa, o Skála foi impiedoso e venceu o TB por 5 a 1. Jónhard Frederiksberg foi o destaque, marcando os dois primeiros gols aos 25' e 28', e o quinto aos 54'.

Foi a segunda vitória do Skála no campeonato. A equipe chegou a 9 pontos e abriu quatro de vantagem para o AB, primeiro time na zona de rebaixamento.

O time não vencia por quatro gols de diferença na primeira divisão desde 8 de agosto de 2006, quando goleou o VB/Sumba fora de casa por 4 a 0. Na ocasião, Jónhard Frederiksberg também deixou o seu.



Jóannes Bjartalíð

Jóannes Bjartalíð chegou a 5 gols nos últimos 2 jogos.
Foto: Norðlýsið
Em Klaksvík, o KÍ bateu o B68 de virada por 4 a 1 e agora é o vice-líder do campeonato com 17 pontos (leva a melhor sobre B36 e HB nos critérios de desempate), um a menos que o Víkingur.

Depois de marcar os dois gols da vitória sobre o Víkingur fora de casa na rodada passada, Jóannes Bjartalíð marcou mais três vezes, chegando a cinco gols nos últimos dois jogos. Com sete no campeonato, ele está a apenas dois de alcançar o artilheiro Klæmint Olsen.



Adeshina Lawal

Em Fuglafjørður, o ÍF impôs a segunda derrota consecutiva ao HB. O ex-líder esteve em vantagem duas vezes na partida, mas o nigeriano Adeshina Lawal estava inspirado e comandou a vitória dos vermelhos.

Adeshina Lawal comando a virada do ÍF sobre o HB.
Foto: Sigmar Mørkøre/in.fo
O ÍF chegou a 14 pontos, apenas quatro a menos que o líder Víkingur, e deixou o campeonato ainda mais embolado.


domingo, 1 de maio de 2016

COMUNICADO

O Faroe Football vai passar por uma pequena mudança!

É o seguinte: o blog agora será usado mais como um blog mesmo. Vou deixar para postar aqui somente umas coisas mais diferentes, como as "postagens especiais" que eu costumava fazer.

As atualizações de notícias, resultados e classificação seguirão sendo compartilhadas na página no Facebook e no Twitter, enquanto os vídeos continuarão sendo postados no YouTube.

sábado, 30 de abril de 2016

Federação Faroesa anuncia amistoso contra Kosovo

Kosovo não tem sua independência reconhecida no Brasil.
A Federação Faroesa de Futebol (FSF) anunciou ontem que a seleção principal disputará um amistoso contra a seleção de Kosovo. O jogo será no dia 3 de junho e poderá ser o primeiro jogo oficial da seleção kosovar como membro da UEFA e FIFA.

Atualmente a Federação de Futebol de Kosovo (FFK) não é membro de nenhuma das organizações, mas registrou oficialmente um pedido de admissão na FIFA em 15 de março. Como só poderá ser membro da FIFA se for aceita na UEFA primeiro, um Congresso da confederação europeia em Budapeste no dia 3 de maio decidirá sua admissão. Se for aceito, vai ser a vez da FIFA decidir, em 13 de maio, em um Congresso na Cidade do México.

Kosovo é um território sérvio que declarou independência em fevereiro de 2008 e é reconhecido por 108 dos 193 membros das Nações Unidas. O Brasil é um dos 85 membros que não reconhece sua independência.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Jógvan Martin Olsen demite-se do comando do ÍF após eliminação por goleada

Jógvan Martin Olsen não é mais técnico do ÍF.
Depois da eliminação por goleada para o KÍ em casa na Copa das Ilhas Faroe, o técnico Jógvan Martin Olsen achou melhor pedir demissão e não é mais o treinador da equipe de Fuglafjørður.

Nessa curta passagem, foram 8 jogos, 2 vitórias, 2 empates e 4 derrotas. O ÍF é o sexto colocado na Effodeildin.

O time ainda não anunciou um substituto.

Fonte: in.fo